Alencar sugere cortes nos gastos da Vice-Presidência

O vice-presidente da República, José Alencar, defendeu nesta terça-feira, em entrevista no Palácio do Planalto, uma redução dos gastos da administração pública, especialmente em relação ao "aparato" da própria vice-presidência. "Vou a São Paulo nesta quarta e gostaria de ir sozinho, ficaria satisfeito e feliz", exemplificou Alencar. "Um dos cortes é o aparato que me acompanha".O vice-presidente mencionou ainda um outro exemplo, ao se referir à sua recente viagem a Nova York, para realizar a cirurgia de retirada de um tumor no abdome. "Não precisava daquele aparato", disse. "Fiquei honrado de ser acompanhado pelos assessores e seguranças, mas o governo não pode ser transigente com gastos supérfluos", concluiu.Alencar fez as declarações após sair de uma audiência em que o presidente Luiz Inácio Lula da Silva recebeu dirigentes do PRB, partido do vice-presidente.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.