Alencar se afasta por 30 dias para tratar de tumor nos EUA

O vice-presidente da República, José Alencar, viaja na próxima quarta-feira para Nova York, e se ausentará do País por 30 dias, para dar seguimento ao tratamento de um tumor na região do abdome. A mensagem foi enviada ao Congresso pelo presidente Luiz Inácio Lula da Silva, e publicada nesta terça-feira no Diário Oficial da União. O vice-presidente se submeteu a uma cirurgia no dia 18 de julho, no Hospital Sírio Libanês, em São Paulo, para a retirada de um tumor de quatro centímetros, constatado depois como maligno.Alencar comunicou ao presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), Marco Aurélio Mello, que ficará fora do País por cerca de 30 dias, já que, em dezembro, em data ainda não marcada, deverá ocorrer no TSE a diplomação do presidente Lula e de José Alencar para o segundo mandato.No ofício protocolado no TSE, Alencar juntou um laudo assinado pelo assessor de saúde da coordenação de saúde da Presidência da República, Valter de Oliveira Costa. "Para dar prosseguimento ao tratamento em centro médico especializado, a escolha recaiu no Memorial Sloan-Kettering Cancer Center, de Nova York, aos cuidados do dr. Murray F.Brennan", informou Costa no laudo. Ele disse que José Alencar será acompanhado na viagem por um médico da coordenação de saúde da Presidência.No laudo, há a programação médica que será seguida pelo vice-presidente em Nova York. No dia 10 ele terá uma consulta no Rockefeller Outpatient Pavilion com o médico Brennan. Do dia 11 ao dia 13 fará exames pré-operatórios. A cirurgia está marcada para o dia 14.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.