Alencar recomeça tratamento experimental

O vice-presidente da República, José Alencar, recomeça hoje a tomar os medicamentos experimentais do tratamento contra o câncer no abdome fornecidos pelo centro M. D. Anderson, nos Estados Unidos. Na manhã de ontem, ele se submeteu a exames de imagem no Hospital Sírio-Libanês, em São Paulo, horas após chegar de Houston, nos EUA, onde fica o centro de excelência.Aparentando boas condições de saúde, ele deixou o hospital por volta das 13h30, acompanhado por seu médico, o oncologista Paulo Hoff. O uso do medicamento experimental havia sido suspenso por causa das cirurgias a que ele teve de se submeter ultimamente, entre as quais uma colostomia, no dia 24 de julho, para desobstruir o intestino.Sorridente, Alencar chegou a brincar com o cansaço de fazer uma viagem a Houston e voltar no dia seguinte . "Estou me sentindo muito bem. É claro que cansa um pouco, mas nós, que somos mais jovens, lidamos bem com isso", brincou o vice-presidente, que tem 77 anos e 15 cirurgias realizadas na luta contra o câncer. O oncologista Paulo Hoff, que o assiste, disse que a medicação americana tem produzido bons efeitos na recuperação do vice-presidente. "O medicamento tem contido o crescimento dos tumores. Ele está se adaptando extremamente bem e é uma pessoa muito forte", disse. Alencar fará exames semanalmente.

Moacir Assunção, O Estadao de S.Paulo

07 de agosto de 2009 | 00h00

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.