Alencar passa bem após cateterismo, diz assessoria

O vice-presidente da República, José Alencar, foi submetido a um cateterismo no Hospital Sírio-Libanês, em São Paulo, conforme estava previsto, e o procedimento foi bem-sucedido, segundo sua assessoria de imprensa. A intervenção durou cerca de uma hora e terminou há pouco mais de meia hora. Alencar passa bem.

AE, Agência Estado

11 Julho 2010 | 12h54

A equipe médica decidiu implantar um stent (prótese metálica colocada no interior de artérias coronarianas obstruídas por placas de gordura, com o objetivo de normalizar o fluxo sanguíneo local) numa das artérias do vice-presidente, acrescentou a assessoria. O boletim médico deverá ser divulgado daqui a pouco. De acordo com a assessoria de José Alencar, o vice-presidente permanecerá internado mais alguns dias no hospital.

Alencar chegou no hospital na última quarta-feira, para mais uma sessão de quimioterapia em razão do tratamento contra o câncer. Médicos decidiram pela sua internação, após diagnosticar um quadro de hipertensão. A equipe médica que o acompanha é coordenada pelos Profs. Drs. Roberto Kalil Filho, Paulo Hoff e Paulo Ayroza Galvão. O vice-presidente luta há anos contra o câncer e foi submetido a diversas cirurgias para controlar tumores na região do abdômen.

Mais conteúdo sobre:
Alencar internação

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.