Alencar não confirma manutenção de comandantes das três Forças

O vice-presidente e ministro da Defesa, José Alencar, não quis afirmar se vai manter em seus respectivos cargos os atuais comandantes das três Forças. "Minha visão é daqui para a frente. Não tenho nada a ver com o passado. Estou empenhado em fortalecer o trabalho do Ministério da Defesa e das três Forças", disse Alencar. Diante da insistência dos repórteres em perguntar se o ministro se manteria o comandante do Exército, Francisco Albuquerque, considerado o principal responsável pela saída do ex-ministro, José Viegas, Alencar afirmou que se reuniu com os três comandantes e que eles foram unânimes em trazer palavras de disponibilidade a tudo o que for preciso para o bom trabalho à frente do Ministério da Defesa e para o País. Segundo Alencar "não há bombardeio", sobre o comandante. "O que vemos é ao contrário: a disponibilidade total deles de exercer um trabalho em benefício da causa maior que é o País", disse.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.