Alencar lamenta incidente militar com fragata brasileira

O vice-presidente e ministro da Defesa, José Alencar, lamentou hoje o incidente militar em que a fragata brasileira Rademaker foi atingida por um navio argentino, durante um treinamento conjunto das Marinhas da Argentina e do Brasil. Alencar assegurou, no entanto, que, mesmo com o saldo de cinco feridos, a circunstância acidental não terá reflexos no relacionamento entre os dois países. "Foi um acidente; só temos a lamentar, mas é para esses momentos que serve a integração entre os dois países", afirmou. Ele participou hoje do Seminário Binacional Argentina-Brasil por uma Agenda de Cooperação em Defesa, Segurança e Paz, realizado pela Comissão de Defesa e Relações Exteriores da Câmara. A presença de Alencar no congresso - que contou também com a presença do embaixador da Argentina no Brasil, Pedro Villagra, e do chefe de Gabinete do Ministério da Defesa daquele país, Ernesto Lopez - serviu para demonstrar que o episódio não influiu, negativamente, na relação entre os dois governos.O vice-presidente e ministro da Defesa, além de abordar as vantagens estratégicas da aproximação militar entre os dois países, no discurso escrito, exaltou, de improviso as qualidades econômicas da parceria. "Precisamos defender a integração entre os dois países como uma forma de fortalecimento econômico em que os dois países poderão conquistar novos mercados", disse.Segundo Alencar, a administração federal argentina deve reforçar a relação entre as duas nações. "Vamos aproveitar as características de complementariedade", pregou.O navio militar argentino fez, por engano, disparos contra a embarcação brasileira, durante um treinamento nas proximidades de Cabo Frio (RJ). Tiveram ferimentos quatro militares do Brasil e um da Argentina. Foi a primeira ocorrência importante nesse tipo de exercício conjunto. A Marinha instaurou um Inquérito Policial Militar (IPM), que tem um prazo de 40 dias para ser concluído.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.