Alencar elogia o novo visual de Dilma Rousseff

O vice-presidente da República, José Alencar, disse hoje que achou bonito o novo visual da ministra da Casa Civil, Dilma Rousseff, que pela primeira vez, em uma solenidade, apareceu sem peruca, depois do tratamento de quimioterapia para combater um câncer linfático. "Eu já passei por isso, também perdi o cabelo, mas agora está nascendo. Mas está bonito o cabelo dela. Está moderno", afirmou Alencar, ao deixar o Palácio do Itamaraty, onde participou da cerimônia de lançamento do Programa Nacional de Direitos Humanos 3.

CAROL PIRES, Agencia Estado

21 de dezembro de 2009 | 13h47

Com relação à possível candidatura da ministra para a Presidência da República, Alencar disse que há uma característica na pessoa da ministra que deve ser observada. "Ela é uma mulher brava. E nós sempre precisamos que à frente do governo esteja alguém com determinação, competência e história. E a Dilma possui tudo isso. Não é por acaso que o presidente Lula a escolheu como sua indicada", afirmou.

Sobre sua possível candidatura ao Senado, Alencar disse que só o fará se Deus deixar, referindo-se ao tratamento de câncer no abdome. "As coisas estão indo bem, o tumor está definhando. Significa que está secando, desaparecendo. Alguns médicos já falam para eu colocar o verbo no passado. Havia um câncer no José Alencar. Se Deus me curar, eu aceito disputar democraticamente", afirmou.

Tudo o que sabemos sobre:
DilmacabeloJosé Alencarcâncer

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.