Alencar deve ter alta amanhã, segundo Hospital Sirio-Libanês

Ele foi internado na quinta-feira, 3, para a realização de quimioterapia. Lula adiou férias

Paula Puliti, da Agência Estado,

05 Janeiro 2008 | 12h05

O Hospital Sírio-Libanês informou que não será divulgado neste sábado, 5, boletim médico sobre o estado de saúde do vice-presidente da República, José Alencar, internado desde quinta-feira, 3, para a realização de quimioterapia. Trata-se de mais uma etapa do tratamento iniciado no ano passado, quando Alencar foi operado para retirada de tumor no abdômen. Segundo a assessoria do Hospital, Alencar, de 76 anos, passa bem e deve ter alta no domingo, provavelmente no início da tarde. Ele está sob os cuidados do médico Paulo Hoff. O presidente Luiz Inácio Lula da Silva suspendeu suas férias porque recebeu a informação de que é delicado o estado de saúde do vice-presidente. "Como posso ir para a praia?", argumentou Lula com alguns assessores. O presidente programava passar alguns dias de descanso com seus parentes em Restinga de Marambaia (RJ) ou em Fernando de Noronha. A expectativa era a de que ele viajaria na última quarta-feira. Lula explicou que decidiu suspender as suas férias em primeiro lugar por uma questão de solidariedade com Alencar, em segundo lugar para não dar a impressão de que o País ficaria sem comando, com o presidente na praia e o vice internado. Em conversa por telefone com Lula, na manhã de ontem, Alencar disse que pretende voltar ao trabalho na próxima Segunda-feira. No telefonema, Lula confirmou que adiou para o carnaval a folga que pretendia tirar no início deste mês. Mas, segundo assessores, também pesou na decisão do presidente de adiar o recesso o anúncio das medidas para compensar a perda da receita da CPMF.  Reuniões O presidente continuará, na próxima semana, a série de encontros para discutir com ministros os balanços de ações e, principalmente, a proposta orçamentária de 2008. Foi por esse motivo que o ministro do Planejamento, Paulo Bernardo, também decidiu adiar a folga que iria tirar em janeiro. Mas o ministro da Fazenda, Guido Mantega, principal nome da equipe econômica, vai mesmo entrar de férias. Ele só volta ao trabalho no dia 10. Boa parte dos ministros vai estar fora de Brasília na próxima semana. A ministra-chefe da Casa Civil, Dilma Rousseff, de folga desde quarta-feira, só volta a despachar no dia 10. Luiz Marinho, titular da Previdência, retorna no dia 14. José Antônio Dias Toffoli, da Advocacia-Geral da União (AGU), volta a trabalhar na próxima segunda-feira.

Mais conteúdo sobre:
José AlencarLula

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.