Alencar dá como certa vitória de Pimentel e comemora

O vice-presidente da República, José Alencar, disse hoje que a provável reeleição do prefeito de Belo Horizonte, Fernando Pimentel (PT), será a "vitória mais representativa de todos os tempos em Minas Gerais". As pesquisas de intenção de voto indicam a reeleição de Pimentel por uma larga vantagem sobre os adversários. Ao contrário do próprio prefeito, que prefere manter a cautela e não falar em vitória antes do término da votação, Alencar demonstrou entusiasmo com os últimos números das pesquisas eleitorais. No levantamento divulgado ontem pelo Ibope, o prefeito petista aparece com 63% das intenções de voto, ampliando a margem de vantagem sobre os oponentes. João Leite, candidato do PSB, que conta com o apoio do governador Aécio Neves (PSDB), está em segundo lugar com 19%. Em relação aos votos válidos (excluindo brancos, nulos e indecisos), Pimentel atingiu 71% contra 21% de João Leite.Votação Acompanhado do prefeito, Alencar votou no início da tarde numa escola infantil do bairro Mangabeiras, zona sul da capital. Antes, o vice recebeu o prefeito em seu apartamento. Os dois caminharam por dois quarteirões até o local da votação, acompanhados por militantes e assessores. "Não temos dúvida nenhuma de que a vitória vai ser grande", afirmou Alencar. Segundo ele, o eventual triunfo de Pimentel confirma a aliança "entre o capital e o trabalho", que elegeu o presidente Luiz Inácio Lula da Silva em 2002.Alencar foi o principal patrocinador da apoio do PL a Pimentel, ganhando a queda de braço com o vice-governador do Estado, Clésio Andrade, que trabalhava pela coligação com o candidato do PSB, João Leite. Os liberais, no entanto, não conseguiram emplacar o candidato a vice na chapa do atual prefeito. O escolhido foi Ronaldo Vasconcelos, do PTB.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.