Alencar aprova transformar corrupção em crime hediondo

O vice-presidente da República, José Alencar, considerou "excelente" a decisão do presidente Luiz Inácio Lula da Silva de encaminhar ao Congresso Nacional projeto que transforma os crimes de corrupção em hediondos. Ao ser confrontado com as afirmações dos jornalistas, de que o problema no Brasil não é a falta de leis sobre a corrupção mas sim o cumprimento delas, Alencar respondeu: "Temos de acabar com a impunidade no Brasil, porque a impunidade encoraja o crime", afirmou.

TÂNIA MONTEIRO, Agencia Estado

10 de dezembro de 2009 | 13h28

Questionado se o governador do Distrito Federal (DF), José Roberto Arruda (DEM), ainda tem condições de ficar no governo, depois das acusações de envolvimento em esquema de corrupção, Alencar respondeu que "isso quem sabe é a Justiça". O vice-presidente da República participou hoje da comemoração do Dia do Marinheiro, no Grupamento de Fuzileiros Navais.

Tudo o que sabemos sobre:
corrupçãoAlencarcrime hediondo

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.