Aldo inicia sessão que vai votar pedido de cassação de Brant

O presidente da Câmara, Aldo Rebelo, iniciou, nesta quarta-feira o procedimento de votação do pedido de cassação do deputado Roberto Brant (PFL-MG). Registraram presença na casa 412 deputados. A previsão de Aldo é que esse julgamento se conclua até às 20 horas, quando, então, será iniciado o segundo julgamento do dia, do deputado Professor Luizinho (PT-SP). Os dois são acusados de envolvimento no esquema do mensalão.Aldo anunciou que está proibida a retirada de cédulas da cabine para evitar o que aconteceu na votação do pedido de cassação do deputado Romeu Queiroz (PPB-MG), onde foi flagrada boca-de-urna e distribuição de votos pela absolvição do deputado na fila de votação. Para cassar o mandato do um parlamentar são necessários 257 votos.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.