Aldo convoca sessão para votação na segunda-feira

O presidente da Câmara, Aldo Rebelo, convocou sessão para votação, no plenário, na próxima segunda-feira, véspera do fim do período de convocação extraordinária. A sessão foi marcada para às 18 horas. Como há votações previstas, o deputado que faltar terá descontado o dia em seu salário. Nas últimas semanas não tem havido quórum mínimo de 51 deputados para a abertura das sessões nas segundas e sextas-feiras. Nesses dias não há votações previstas, mas elas servem para contar prazo para a votação dos processos de cassação dos deputados acusados de envolvimento no mensalão.Já na próxima quarta-feira não haverá sessão de votação. Nesse dia serão abertos formalmente os trabalhos do Legislativo, como prevê a Constituição.Para fechar a convocação extraordinária, haverá uma sessão conjunta do Congresso Nacional (Câmara e Senado) na terça-feira, para promulgar três emendas constitucionais: a que reduz o recesso parlamentar de 90 para 55 dias, a que trata dos agentes de saúde e a que acaba com a verticalização partidária, que estabelecia que as coligações nos Estados deveriam obedecer as realizadas no plano nacional.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.