Aldo avisa Lula que ´diferenças´ com PT persistem

Em audiência com o presidente Luiz Inácio Lula da Silva, no Palácio do Planalto, o ex-presidente da Câmara Aldo Rebelo (PCdoB) disse que a disputa pela presidência da Casa "é coisa do passado", mas que as "diferenças" com o PT não desapareceram. A campanha eleitoral na Câmara foi marcada pelo confronto entre o grupo de Aldo e o do petista Arlindo Chinaglia (SP), que saiu vitorioso. Aldo não quis detalhar a conversa com Lula. Disse apenas que fez uma análise da Câmara e da legislatura que está começando. Com o encontro, o presidente Lula, que inicialmente defendia Aldo Rebelo como candidato governista, tenta recompor sua base na Câmara. A divisão da base aliada ficou evidente com a formação do bloco PSB-PDT-PCdoB, que se apresenta como uma força aliada do governo, mas independente na atuação parlamentar. Nesta manhã, Aldo esteve na reunião do bloco, em que foi acertada uma estratégia para repetir a aliança dos três partidos no Senado e no maior número possível de Estados, pensando nas eleições de 2008 e 2010.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.