Alckmin vira mensageiro das rezas por Covas

A lavadeira Otília de Castro, 54 anos, colocou nas mãos do governador em exercício Geraldo Alckmin, nesta terça-feira, em Itapetininga, aquilo que acredita ser decisivo para a cura do governador licenciado Mário Covas, doente de câncer: um "santinho" de São Judas Tadeu. "Entregue pra ele", insistia, acrescentando. "O santo vai deixar ele bom." Outras pessoas fizeram de Alckmin o portador de mensagens, desenhos e cartas, pedindo saúde para o "governador". Uma carta tinha sido escrita por uma criança. Alckmin acabou assumindo o papel de mensageiro das manifestações de fé e carinho dos moradores do interior para com o governador doente. "Onde vou, saio com o bolso cheio de medalhinhas, orações, terços e até bíblias de pessoas que estão rezando pelo governador", disse Alckmin. Ele afirmou que entrega tudo diretamente a Covas ou aos familiares.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.