Alckmin: Serra 'tem todas condições' de ir para 2º turno

O candidato do PSDB ao governo de São Paulo, Geraldo Alckmin, afirmou hoje que o presidenciável José Serra (PSDB) tem "todas as condições" de ir para o segundo turno na disputa à sucessão ao Palácio do Planalto e disse ser precipitada qualquer avaliação neste momento sobre o cenário eleitoral. Em agenda de campanha em Cubatão, na Baixada Santista (SP), Alckmin citou até mesmo o ex-governador do Rio de Janeiro Leonel Brizola na defesa do desempenho de Serra nas pesquisas de intenção de voto. O mentor político do candidato, o ex-governador de São Paulo Mário Covas (PSDB), foi adversário de Brizola na disputa de 1989.

REJANE LIMA, Agência Estado

26 de agosto de 2010 | 15h30

"Eu acho que o Serra tem toda as condições de ir para o segundo turno e ter um bom resultado eleitoral", afirmou. "O processo eleitoral ainda está em marcha, falta mais de um mês para as eleições. O Brizola dizia que se pesquisa ganhasse eleição, não precisaria haver eleição", acrescentou. O tucano visitou na manhã de hoje parte já inaugurada do Conjunto Habitacional Rubens Lara, construído pela Companhia de Desenvolvimento Habitacional e Urbano (CDHU) , no Jardim Casqueiro. Em seguida, o candidato realizou caminhada no centro da cidade.

Alckmin e comitiva passaram por um susto na viagem de helicóptero que fizeram de São Paulo até a Baixada, na manhã de hoje. De acordo com o candidato, um urubu passou bem próximo do aparelho, quando estavam a cerca de 4 mil pés. "É impressionante", ressaltou o ex-governador. "Eu acho que nós devíamos estar a 4 mil pés. E o urubu voa a 4 mil pés", acrescentou.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.