Alckmin segue internado em SP, sem previsão de alta

O governador de São Paulo e candidato à reeleição pelo PSDB, Geraldo Alckmin, vai continuar internado no Instituto do Coração (Incor) do Hospital das Clínicas para tratamento, sem previsão de alta. A informação foi divulgada no final da tarde deste sábado (23) pela assessoria de imprensa do Incor.

ELIZABETH LOPES, Estadão Conteúdo

23 de agosto de 2014 | 18h25

"Dada a estabilidade do quadro clínico, novo boletim médico será divulgado somente por ocasião da alta hospital do governador ou na ocorrência de fato relevante na evolução de seu quadro clínico", diz o comunicado. Como vai continuar internado no hospital, Alckmin não irá ao debate promovido hoje à noite (23) pela TV Bandeirantes com os concorrentes ao governo do Estado de São Paulo.

Alckmin está internado no Incor desde ontem (22), quando passou mal e apresentou quadro de infecção intestinal causada por bactéria. De acordo com boletim divulgado hoje mais cedo, o governador está sendo tratado com antibióticos por via intravenosa e analgésicos. A equipe que assiste o paciente é liderada pelos Professores Doutores David Uip, infectologista, e Flair José Carrilho, gastroenterologista.

Mais conteúdo sobre:
AlckmininternadoSP

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.