Alckmin se reúne com Jovair Arantes, mas mantém tom neutro sobre disputa na Câmara

Alckmin se reúne com Jovair Arantes, mas mantém tom neutro sobre disputa na Câmara

Na próxima segunda-feira, 16, será a vez de o governador se encontrar com Rodrigo Maia (DEM), que busca a reeleição; 'Vou receber a todos', afirma o tucano

Eduardo Laguna, O Estado de S.Paulo

13 de janeiro de 2017 | 17h39

SÃO PAULO - O governador paulista, Geraldo Alckmin (PSDB), teve nesta sexta-feira, 13, com o deputado Jovair Arantes (PTB) a primeira das audiências com os principais candidatos à presidência da Câmara. Após o encontro, o tucano manteve o posicionamento neutro em relação à eleição para a mesa diretora da Casa Legislativa.

"Vou receber a todos porque acho importante ouvi-los e levar algumas preocupações de natureza fiscal, de natureza das reformas e da retomada do desenvolvimento", disse o governador paulista, negando também que Arantes tenha pedido a ele uma manifestação de apoio. "É uma decisão interna do Parlamento", comentou.

Na terça-feira, 10, Alckmin já havia dito que não iria interferir nas eleições da Câmara. Na próxima segunda-feira, 16, será a vez de o governador receber Rodrigo Maia (DEM), atual presidente da Câmara, que busca a eleição e tem o apoio velado do presidente Michel Temer (PMDB).

Rogério Rosso (PSD), também na disputa, pediu uma reunião com o governador paulista, mas a data desse encontro ainda não está definida. Na audiência de hoje com Jovair Arantes no Palácio dos Bandeirantes, sede do executivo paulista, também participaram o prefeito de São Paulo, João Doria, e o governador de Goiás, Marconi Perillo, aliado de Arantes, além dos presidentes nacionais do PTB, Roberto Jefferson, do PSC, Pastor Everaldo, e diversos deputados federais como Paulinho da Força (Solidariedade) e Arnaldo Faria de Sá (PTB).

Ao deixar a audiência, Alckmin destacou que a Câmara dos Deputados terá papel relevante na discussão, durante este ano, de grandes reformas, citando a política, a previdenciária, a trabalhista e a tributária. 

Notícias relacionadas

    Encontrou algum erro? Entre em contato

    Tendências:

    O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.