Alckmin se diz confiante na vitória de Serra

Segundo ele, a tendência é que o voto paulista em Marina Silva seja transferido para o candidato do PSDB à Presidência

Tomas Okuda, da Agência Estado,

31 de outubro de 2010 | 10h42

O governador eleito de São Paulo, Geraldo Alckmin (PSDB), afirmou neste domingo, 31, que está confiante na vitória do candidato do PSDB à Presidência da República, José Serra. Antes de votar no Colégio Santo Américo, Alckmin saiu de sua residência no Morumbi para tomar café em uma padaria na esquina. "Estamos otimistas", disse.

 

Segundo ele, a candidata do PV, Marina Silva, foi bem votada em São Paulo e a tendência majoritária é de que o voto dado a ela seja transferido para Serra. Questionado sobre a eleição ocorrer no meio do feriado prolongado de Finados, Alckmin afirmou que não acredita em um grande número de abstenção. Segundo ele, "a população gosta de votar". "A abstenção não deve ser tão alta assim", disse.

 

Depois de tomar café, Alckmin entrou em uma van onde já estavam o atual governador Alberto Goldman (PSDB), o prefeito Gilberto Kassab (DEM), o deputado federal eleito José Aníbal, o vice-governador eleito Guilherme Afif Domingos (DEM), o ex-secretário de Agricultura e Abastecimento João Carlos de Souza Meirelles, além da primeira-dama Lu Alckmin.

Tudo o que sabemos sobre:
eleições 2010AlckminSerra

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.