Alckmin reforça o discurso regional nos Estados

O pré-candidato do PSDB à Presidência da República, Geraldo Alckmin, decidiu nesta terça-feira, em reunião com parlamentares do PFL e do seu partido, reforçar o discurso regional para aproveitar ao máximo suas viagens aos Estados e tentar diminuir a vantagem do seu principal adversário, o presidente Luiz Inácio Lula da Silva. Ficou decidido também que as inserções a que o PSDB tem direito nas emissoras de rádio e TV serão dedicadas quase que totalmente ao candidato para que ele possa ficar mais exposto. Na avaliação dos participantes da reunião, o presidente Lula está muito mais exposto à opinião pública e só a partir de julho, depois das convenções partidárias, é que as regras serão as mesmas para os demais candidatos. SerraAo mesmo tempo em que prepara seu discurso regional para os Estados onde é pouco conhecido, Geraldo Alckmin vai dedicar esta semana à unidade do PSDB em São Paulo. Nesta quarta-feira ele vai almoçar com o vereador José Aníbal, na tentativa de convencê-lo a desistir de disputar a convenção para a escolha do candidato a governador de São Paulo, contra o pré-candidato José Serra. Alckmin informou que já combinou com Serra um roteiro de viagens no interior de São Paulo e que Serra se prontificou a acompanhá-lo em outros Estados. "Serra já está engajado na nossa pré-campanha e já se colocou à nossa disposição."Em relação a vitória do senador Aloizio Mercadante, na prévia do PT de domingo, como candidato do partido para disputar o governo paulista, Alckmin disse que "Marta ou Mercadante, para nós tanto faz".Na próxima quinta-feira Alckmin estará na Bahia, onde permanecerá até sábado. Ele vai visitar Feira de Santana, considerado um pólo industrial e agropecuário.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.