Alckmin recomenda investigação séria e profunda

O governador Geraldo Alckmin (PSDB) disse hoje que a melhor contribuição que se pode dar ao presidente Luiz Inácio Lula da Silva e ao País é "a investigação séria e profunda" das denúncias envolvendo o ex-assessor da Casa Civil Waldomiro Diniz. "Para que não haja nenhuma dúvida e para que se faça justiça é necessário que as investigações sejam feitas de maneira profundas, porém sem transformá-las em disputas políticas", disse, depois de reunir-se com o ministro da Secretaria de Coordenação Política e Assuntos Institucionais, Aldo Rebelo.Alckmin afirmou que no início desta semana recebeu um telefonema do ministro da Casa Civil, José Dirceu. "O ministro não fez nenhum pedido com relação à instalação de uma CPI ou ao PSDB. Ligou para falar de sua versão dos fatos e eu o ouvi", completou.Segundo Alckmin, existem várias formas de investigação e não apenas por meio de CPIs. Para ele, cabe ao parlamento decidir a maneira pela qual o caso que envolve Waldomiro será investigado. E reiterou que o assunto deve ser abordado com serenidade e seriedade. O governador comentou também a MP do governo federal que proíbe o funcionamento dos bingos. Segundo ele, essa uma questão que precisa ser enfrentada, mas o ideal é que haja uma legislação permanente para regular o tema. "A MP busca uma solução mais rápida para este problema e eu acredito que uma nova lei federal sobre o assunto poderá dificultar a obtenção de liminares por esses estabelecimento", destacou.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.