Alckmin nega candidatura, mas seus atos indicam o contrário

O governador em exercício, Geraldo Alckmin, pelo terceiro dia consecutivo entregou obras nesse sábado em São Paulo. Mas ele negou que esteja pensando na campanha para sucessão de Mário Covas em 2002. "Tenho duas preocupações no momento: a primeira é a recuperação do governador e a outra, substitituí-lo bem", disse Alckmin, no final da tarde, em Valinhos, aonde foi inaugurar um trecho de pavimentação asfáltica que faltava na estrada vicinal que liga o município a Itatiba.Seu comportamento, porém, revelou outra intenção. Alckmin durante todo tempo foi simpático, contou piada de um médico pão-duro da cidade Pindamonhangaba, distribuiu apertos de mãos e abraços. Recebeu em troca tapas nas costas de prefeitos e deputados da região, que são do seu partido. Do prefeito de Valinhos recebeu uma advertência. "Quando solicitamos a obra da vicinal ao governador Mário Covas pensamos que não iríamos ser atendidos, pois não somos do mesmo partido", disse Vitório Humberto Antoniazzi, que é do PL."Espero do senhor, agora, o mesmo comportamento de Covas", acrescentou o prefeito que pediu apoio ao governador em exercício para o projeto de agroturismo que ele está implantando no município.Em seguida, o governador em exercício inaugurou o 82º Banco do Povo. Ele fez a entrega de dois cheques às duas primeiras clientes, que contraíram empréstimo e vão pagar de juros 1% ao mês, que é considerado o menor índice praticado no mercado.Depois, Alckmin testou a sua popularidade ao participar da abertura da 52ª Festa do Figo de Valinhos. Ele visitou o pavilhão de exposição e cumprimentou os produtores.Alckmin no início da tarde esteve em Amparo onde inaugurou a terceira pista da SP-095, principal rodovia de ligação às cidades do Circuito das Águas. A extensa agenda do governador em exercício começou pela manhã, quando ele participou de uma missa para a recuperação da saúde do governador licenciado Mário Covas, no Santuário de Nossa Senhora, em Aparecida.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.