Alckmin não conhece pesquisa em que tem 32% de votos

O governador Geraldo Alckmin(PSDB) negou hoje ter em mãos uma pesquisa que teria sido feita pelo Ibope, na qual contaria com 32% das intenções de votos para o governo de São Paulo, à frente de Paulo Maluf (PPB), com 19%, e José Genoíno (PT) com 9%. "Não sei de nenhuma pesquisa. Se ela foi feita, foi feita lá em Pindamonhangaba", disse, em tom de brincadeira, referindo-se à sua cidade natal, onde também iniciou a carreira política. A existência da pesquisa foi noticiada hoje pelo colunista Ricardo Boechat, no Jornal do Brasil.O governador voltou a falar que não é candidato, mas comentou que, se a pesquisa realmente foi feita, "é importante". "Se essa pesquisa existe, e não a conheço, é uma prova de confiança no trabalho do governo", afirmou Alckmin.OrçamentoGeraldo Alckmin revelou hoje estar preocupado com a aprovação do orçamento de 2002 do Estado, que até agora não aconteceu devido a uma liminar do Tribunal de Justiça que paralisa a discussão da peça orçamentária na Assembléia Legislativa. "A preocupação existe, porque se não tivermos o orçamento votado até dezembro, teremos que trabalhar com 1/12 do orçamento de 2002", disse o governador. Alckmin afirmou, porém, confiar que a questão será resolvida até dezembro." Não vejo nenhum sentido em proibir a Assembléia de discutir o orçamento", disse o governador.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.