Epitácio Pessoa/Estadão
Epitácio Pessoa/Estadão

Alckmin lamenta a morte de Plínio de Arruda Sampaio

O governador de São Paulo, Geraldo Alckmin (PSDB), lamentou em nota a morte do ex-deputado Plínio de Arruda Sampaio (PSOL), que faleceu aos 83 anos na tarde desta terça-feira, dia 8. Em nota, o governador destacou que Plínio "dedicou sua vida a um Brasil justo, solidário e democrático".

BEATRIZ BULLA, Agência Estado

08 de julho de 2014 | 19h53

"Foi um promotor de Justiça exemplar; um deputado constituinte vibrante; um homem público de convicções. Em nome dos paulistas, deixo meus sentimentos à sua família", complementou o governador. O ex-deputado estava internado há algumas semanas na UTI do hospital Sírio Libanês, na região central da capital paulista, para tratar de um câncer ósseo.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.