Alckmin faz críticas ao governo federal na posse de Uip

Na cerimônia de posse do secretário paulista da Saúde, David Uip, o governador de São Paulo, Geraldo Alckmin (PSDB), aproveitou seu discurso para fazer uma crítica indireta ao governo federal, sugerindo que o Estado sofre com a falta de financiamento para a Saúde. Ele lembrou que hospitais e unidades locais recebem pacientes de diversas partes e contou casos de atendimentos bem-sucedidos a famílias de outras unidades da federação.

BEATRIZ BULLA, Agência Estado

05 de setembro de 2013 | 12h30

"Governar é escolher, o dinheiro nunca vai dar para tudo", disse o governador. "São Paulo escolheu melhorar a qualidade de vida da população, mas todos são responsáveis pelo SUS." Alckmin reforçou a importância das parcerias com prefeituras, governo federal e sociedade civil. E lamentou a situação precária enfrentada pelas Santas Casas de Misericórdia.

O governador discursou depois do novo secretário, que também desferiu críticas ao governo federal e elogiou a gestão tucana. O secretário Giovanni Guido Cerri, que dará lugar a Uip, participou da cerimônia.

A escolha de Uip para o posto é vista com uma reação do PSDB à possível candidatura do ministro da Saúde, Alexandre Padilha, pelo PT, à sucessão do governo de São Paulo nas eleições do ano que vem.

Mais conteúdo sobre:
UIPPosse

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.