Alckmin: exame revela melhora de Covas

O governador em exercício de São Paulo, Geraldo Alckmin (PSDB), que é médico por formação, informou hoje que houve uma diminuição do número de células cancerosas do governador licenciado Mário Covas (PSDB), que está em tratamento para combater o câncer de meninge (membrana que envolve o cérebro e a medula espinhal) detectado há duas semanas."Houve uma redução no número de células (neoplásicas e de proteína, que indicam o estágio do câncer de Covas) do líquor (líquido cefalorraquidiano) analisado antes da terceira quimioterapia. Se com duas quimioterapias ele teve uma resposta positiva, isso é sinal de que o tratamento está tendo um bom resultado", afirmou Alckmin.O governador em exercício se referia ao resultado da análise de uma amostra de líquor, que foi retirada antes da terceira sessão de quimioterapia intra-raquidiana, a que o governador afastado foi submetido hoje.Até o final da tarde, no entanto, o infectologista David Uip, médico particular de Covas, não quis revelar o número de células neoplásicas e de proteína encontradas no governador licenciado. O médico apenas afirmou que o tratamento em casa tem sido bem sucedido, e que demais informações não deveriam ser divulgadas por enquanto.Alckmin participou hoje da missa oficial pelo aniversário de São Paulo, celebrada pelo Arcebispo de São Paulo, Dom Cláudio Hummes, no Centro de Convenções do Anhembi. A prefeita Marta Suplicy (PT) também esteve presente à celebração.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.