Alckmin evita falar de impacto eleitoral em 2014

O governador do Estado de São Paulo, Geraldo Alckmin (PSDB), evitou comentar o impacto das eleições municipais deste ano na sua possível campanha à reeleição em 2014. Após votar em um colégio no bairro do Morumbi, zona sul da capital, acompanhado do candidato do seu partido a prefeito, José Serra, e do senador Aloysio Nunes (PSDB), Alckmin foi indagado, durante coletiva de imprensa, sobre qual a importância dos resultados municipais para uma eventual reeleição. "Tudo tem seu tempo e agora é 2012. Um abraço a todos", disse o governador, encerrando rapidamente a entrevista.

GUILHERME WALTEMBERG, Agência Estado

28 de outubro de 2012 | 11h56

Alckmin comentou a campanha de Serra, ressaltando que foi pautada por "princípios e valores". "Aqui em São Paulo Serra fez uma excelente campanha, levando princípios e valores da origem do PSDB", exaltou. "Temos toda a confiança (na vitória de Serra)."

Serra e Alckmin saíram do local de votação juntos, sem informar onde acompanharão a apuração dos votos. Estiveram com os dois, no ato da votação, além de Aloysio Nunes, os deputados federais Walter Feldman (PSDB) e Edson Aparecido (PSDB) e o vereador Floriano Pesaro (PSDB), líder do partido na Câmara Municipal.

Tudo o que sabemos sobre:
Eleições 2012SPAlckminSerra2014

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.