Alckmin e Tasso devem reunir-se na segunda

Os governadores tucanos Geraldo Alckmin (SP) e Tasso Jereissati (CE) devem reunir-se na próxima segunda-feira (22), no Palácio dos Bandeirantes, mas o horário ainda não foi definido.Tasso chega a São Paulo no final da tarde, por volta das 18 horas. Além da audiência, o motivo principal da sua vinda, Tasso dará palestra no Instituto dos Engenheiros, às 20 horas. O governador retorna à Fortaleza, na terça-feira à noite, após uma série de contatos políticos. Organizado pela família do governador Mário Covas, morto em março último, o evento deve reunir a bancada federal cearense, além de vários políticos ligados a Covas.O apoio declarado de Covas a Tasso, em janeiro, deve ser reafirmado oficialmente pela família. Os filhos de Covas, Renata e Mário, o Zuzinha, além da viúva, Lila, já se manifestaram recentemente nesse sentido.A presença do ministro da Saúde José Serra, no entanto, deve inibir atos generalizados de apoio ao governador cearense. Para assessores próximos de Tasso, a palestra em São Paulo vai funcionar como um "termômetro". "O governador vai aferir seu prestígio. Ainda não há nada conclusivo em relação ao lançamento de uma candidatura", disse.O pacto com os governadores mostra a disposição de Tasso em mobilizar os partidos da base aliada para a escolha de um nome de consenso, lembra o assessor, referindo-se à reunião com Roseana Sarney (PFL-MA) e Jarbas Vasconcelos (PMDB-PE), na última terça-feira.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.