Alckmin é internado no Incor, em SP, com inflamação intestinal

Ex-governador deu entrada no hospital no último domingo; segundo boletim médico, não há previsão de alta

22 de outubro de 2007 | 15h07

O ex-governador de São Paulo Geraldo Alckmin está internado no Instituto do Coração, em São Paulo, desde às 23 horas do último domingo. Segundo boletim médico divulgado nesta tarde, Alckmin foi internado com dores abdominais, caracterizadas por uma inflamação no intestino.   O tratamento, que é realizado no quarto, consiste em dieta alimentar restrita, hidratação e medicamentos. O quadro do ex-governador é estável e segundo o boletim, ainda não há previsão de alta.     Leia a íntegra do boletim divulgada pelo Incor:   O ex-governador do Estado de São Paulo, Dr. Geraldo Alckmin, 54 anos, encontra-se internado no Instituto do Coração do Hospital das Clínicas (Incor-HCFMUSP), desde as 23h deste domingo (21/10), para tratamento clínico de ileíte, caracterizada por inflamação no intestino delgado, da qual decorre, entre outros sintomas, dor abdominal.     O quadro clínico do Dr. Alckmin é estável e evolui dentro do previsto. O tratamento, que é realizado no quarto, consiste em dieta alimentar restrita, hidratação e medicamentos (analgesia).     O ex-governador é acompanhado pelas equipes chefiadas pelo infectologista e diretor executivo do hospital, Prof. Dr. David Uip, e pelo professor da FMUSP e diretor da Unidade de Cirurgia Geral e de Emergências do Incor, Prof. Dr. Samir Rasslan.     Novas informações serão divulgadas somente no momento da alta hospitalar, cuja data não está definida.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.