Alckmin é homenageado em missa e agradece lideranças

O governador Geraldo Alckmin (PSDB) foi homenageado hoje durante uma missa em Ação de Graças, realizada em Pindamonhangaba, onde nasceu. Ao lado da mulher e dos filhos ele agradeceu o apoio da população da cidade na vitória do segundo turno na eleição. No final da cerimonia, as cerca de 500 pessoas presentes cantaram Parabéns a você ao governador, que completa 50 anos no próximo dia 7. Durante seu discurso, Alckmin ressaltou a importância do Vale do Paraíba para o crescimento de São Paulo. Emocionado ele também lembrou do ex-governador Mário Covas e de seu pai. Depois da missa o governador seguiu para um encontro com os 39 prefeitos do Vale do Paraíba. A reunião seria para agradecer o apoio das lideranças. "Hoje, quero abraçar a todos e agradecer pela vitória". Alckmin aproveitou para dizer que não participará da reunião marcada com as lideranças para o dia 8. Ele explicou que nesta data estará viajando com o presidente Fernando Henrique Cardoso. Entretanto o governador ressaltou que, entre suas prioridades estão a construção de um hospital público estadual no Vale, a duplicação da rodovia Tamoios e investimentos na área de agronegócios e turismo para geração de empregos. "Não faltará oportunidade para discutir com os prefeitos esses itens que são de extrema importância para o governo." O governador deverá deixar Pindamonhangaba por volta das 14h, quando retornará à São Paulo. O governador chegou no final da tarde de ontem e aproveitou para visitar o túmulo dos pais enterrados no cemitério central.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.