ALEX SILVA/ESTADAO
ALEX SILVA/ESTADAO

Alckmin e Aécio se reúnem nesta quinta-feira em São Paulo

Encontro não consta na agenda oficial do governador e ocorrerá depois de o senador mineiro conseguir costurar acordo com integrantes da Executiva Nacional do PSDB para ser reconduzido por mais um ano à presidência da legenda

Erich Decat, O Estado de S.Paulo

18 de janeiro de 2017 | 18h52

BRASPILIA - O governador de São Paulo, Geraldo Alckmin, e o presidente do PSDB, senador Aécio Neves (MG), se reúnem nesta quinta-feira, 19, no Palácio dos Bandeirantes. Ambos disputam a indicação do partido para a disputa presidencial de 2018.

O encontro não consta na agenda oficial de Alckmin e ocorrerá cerca de 30 dias depois de o senador mineiro conseguir costurar um acordo com integrantes da Executiva Nacional do PSDB para ser reconduzido por mais um ano à presidência da legenda.

A iniciativa, prevista no regimento interno do partido, desagradou Alckmin, uma vez que Aécio poderá permanecer no posto até maio do próximo ano, quando a campanha à Presidência já deverá estar em curso.

Diante desse cenário, integrantes do grupo mais próximo de Alckmin têm defendido que se faça uma prévia para a escolha do candidato presidencial entre dezembro deste ano e janeiro de 2018. Caso fique fora do páreo, uma das alternativas para o governador de São Paulo é o de disputar a Presidência pelo PSB.

O encontro entre Alckmin e Aécio deve ocorrer à tarde . No início da manhã, o governador participa ao lado do presidente Michel Temer do anúncio da liberação de R$ 12 bilhões para o pré-custeio da safra agrícola 2017/2018. O evento está previsto para ocorrer em Ribeirão Preto. O volume, ofertado pelo Banco do Brasil, é oriundo de captações próprias da Poupança Rural e de Depósitos à Vista.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.