Alckmin diz que só as prévias no PSDB definirão seu candidato

Prévias que definirão o candidato do PSDB à Prefeitura de São Paulo serão no próximo dia 25

Zuleide de Barros, Agência Estado

16 de março de 2012 | 17h22

SÃO PAULO - O governador Geraldo Alckmin garantiu nesta sexta-feira, 16, que não vai se manifestar politicamente a respeito do seu candidato à prefeitura da capital, antes da realização das prévias do seu partido, o PSDB, marcadas para o próximo dia 25. "Eu vou seguir a decisão do partido, que agora está bem próxima e, antes disso, não pretendo me antecipar", assegurou.

Ao participar nesta sexta do encerramento do 56º Congresso Estadual dos Municípios, em São Vicente, Alckmin foi muito assediado por prefeitos e vereadores de vários partidos que, desde terça-feira, discutem municipalismo, com enfoque para os temas: integração e desenvolvimento.

Além de assinar a transferência para os municípios dos antigos imóveis que abrigavam os Centros de Saúde e as Casas de Agricultura, um tema abordado pelo governador chamou bastante a atenção dos presentes. É a possível criação de 335 municípios de interesse turístico, que não seriam novas estâncias turísticas, como as 67 já existentes, mas que, de qualquer forma, receberiam algum tipo de estímulo do governo do estado para iniciativas de interesse turístico.

Ao defender a ideia, Alckmin praticamente deu o seu aval a um projeto do secretário de Turismo, Márcio França (PSB), que é presidente estadual do partido. Para analistas políticos presentes ao congresso, o "afago" pode representar um importante passo para que o PSB siga o governador na sua escolha política e apoie Serra, embora o partido também venha sendo bastante assediado pelos petistas para dar seu apoio ao Haddad.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.