Alckmin diz que aceita outro nome se PSDB indicar

O ex-governador Geraldo Alckmin (PSDB) disse estar "alegre" com a liderança na pesquisa da Toledo & Associados sobre a eleição em São Paulo. Ele ressalvou que é um homem de partido e apoiaria outro nome se o PSDB indicasse. "Recebo o resultado com humildade porque o que vale é a eleição." Na pesquisa, ele tem 27,6%, Marta Suplicy 22,3% e o prefeito Gilberto Kassab (DEM) 20,4%.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.