Alckmin deverá indicar novo secretário nos próximos dias

O governador de São Paulo, Geraldo Alckmin, confirmou na manhã de hoje que o secretário estadual Emanuel Fernandes deixará o comando da Secretaria de Planejamento e Desenvolvimento Regional de São Paulo. O tucano informou que o secretário estadual pediu para se afastar do posto por motivos pessoais e garantiu que, nos próximos dias, será indicado um substituto para o cargo. "A esposa do secretário teve um problema de saúde e ele pediu, então, para se afastar", disse. "E nos próximos dias nós vamos indicar o novo secretário estadual", acrescentou. Emanuel Fernandes, que também desempenha a função de presidente do Comitê Paulista para a Copa do Mundo de 2014, comunicou a sua saída do governo estadual na última sexta-feira.

GUSTAVO URIBE, Agência Estado

31 de outubro de 2011 | 21h19

O secretário estadual, segundo membros do Palácio dos Bandeirantes, decidiu se afastar do cargo para acompanhar mais de perto o tratamento médico de sua mulher. A expectativa é de que ele deixe o posto até o fim desta semana, quando o governador de São Paulo espera já ter definido um nome para substitui-lo. O Palácio dos Bandeirantes trabalha com uma lista de oito nomes para ocupar o cargo, entre eles o do ex-coordenador de orçamento da Secretaria de Planejamento Carlos Renato Barnabé e do ex-secretário estadual de Economia e Planejamento Francisco Vidal Luna. Os dois fizeram parte da gestão dos ex-governadores José Serra e Alberto Goldman.

Tudo o que sabemos sobre:
AlckminsecretariaEmanuel Fernandes

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.