Alckmin descarta verba pública para estádio da Copa

O candidato tucano ao governo de São Paulo, Geraldo Alckmin, descartou hoje que, se eleito, empenhará dinheiro público na construção de um estádio na capital paulista para a Copa de 2014. "Não tem sentido colocar dinheiro público em equipamentos, estádios.

ROBERTO ALMEIDA, Agência Estado

14 Julho 2010 | 23h12

Deve ser dinheiro privado", afirmou Alckmin após participar de encontro estadual da Igreja Batista em Barueri, na Grande São Paulo. O tucano disse esperar uma "solução" por parte do governador Alberto Goldman (PSDB) e do prefeito de São Paulo Gilberto Kassab (DEM) em conjunto com a Fifa.

"Temos estádios importantes, o próprio Morumbi, o estádio do Palmeiras que até lá ficará pronto. Temos boas alternativas", afirmou. Para Alckmin, o Estado deve investir apenas em transporte público, em melhorias no sistema viário, em saúde e educação.

Mais conteúdo sobre:
Copa estádio verbas SP

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.