Alckmin defende sistema criado por Afif em secretaria

'Estado' revelou que programa do atual vice e ministro para agilizar a criação de empresas foi implantado em menos de 4% das cidades paulistas

23 de maio de 2013 | 20h45

O governador de São Paulo, Geraldo Alckmin (PSDB), defendeu nesta quinta-feira o Sistema Integrado de Licenciamento (SIL), criado com a intenção de reduzir a burocracia na abertura de empresas. Reportagem publicada ontem pelo Estado mostrou que o programa lançado em 2007 pelo então secretário do Trabalho Guilherme Afif Domingos foi implantado em menos de 4% dos municípios paulistas.

 

"Nós já temos implantado em Mogi das Cruzes, Piracicaba, Catanduva, São Caetano do Sul e Limeira", disse Alckmin, se referindo ao Via Rápido Empresa, um novo programa de desburocratização lançado na semana passada, uma espécie de SIL melhorado. "Já estão implantados cinco municípios e queremos levar para 645 municípios. Vinte e três até o mês de julho e agosto acho que a gente consegue implantar", afirmou o governador. De acordo com ele, as empresas de baixo e médio risco poderão ser abertas em até cinco dias.

 

O SIL integra órgãos estaduais, como Cetesb, Corpo de Bombeiros e Vigilância Sanitária, a prefeituras e permite que o empresário faça o pedido de expedição de alvarás e licenças pela internet. A ideia é reduzir para cerca de 15 dias um processo que demora meses para ser concluído.

 

 

Tudo o que sabemos sobre:
afif domingos

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.