Alckmin defende política econômica do PT neoliberal, diz Garotinho

Apesar de negar que esteja discutindo um possível acordo com o PSDB para as eleições de 2006, o ex-governador do Rio de Janeiro Anthony Garotinho (PMDB) confirmou hoje que já mantém conversas com o candidato tucano à sucessão presidencial, Geraldo Alckmin, com vistas a uma aliança para o segundo turno. "Alckmin defende uma política da qual eu sou oposicionista. Não concordo com a política econômica do PSDB. É a política do PT neoliberal", disse, em evento realizado pelo seu partido hoje em São Paulo."Eu e o governador Alckmin respeitamos um ao outro. Falamos ao telefone, conversamos, mas sempre tratando de assuntos do segundo turno", disse. Garotinho não quis se adiantar em confirmar um acordo, caso Alckmin seja bem sucedido e chegue ao segundo turno. "Aí, vamos ver o que o PMDB vai definir. Não é o candidato que define, é o partido", afirmou ele, dizendo que espera também ganhar de Alckmin "para ter o apoio dele no segundo turno".

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.