Alckmin dará apoio público a Doria na reta final das prévias

No domingo, dia em que os tucanos elegerão seu candidato à Prefeitura de São Paulo, governador acompanhará empresário em votação

Pedro Venceslau, O Estado de S.Paulo

26 de fevereiro de 2016 | 20h14

O governador Geraldo Alckmin, que vinha atuando apenas nos bastidores das prévias do PSDB na capital paulista, participará no domingo, 28, de sua primeira atividade pública de apoio ao seu pré-candidato à Prefeitura de São Paulo , o empresário João Doria.

Os dois irão juntos pela manhã ao Diretório Zonal do Butantã, onde votará o governador, e em seguida ao de Pinheiros, onde vota o empresário.

Os filiados do PSDB votarão em 59 pontos espalhados pela cidade. Apoiado pelo ex-presidente Fernando Henrique Cardoso e pelo senador José Serra, o vereador Andrea Matarazzo votará pela manhã na Assembleia Legislativa. Ainda não está definido se ele irá sozinho ou acompanhado dos aliados.

Já o deputado Ricardo Tripoli votará pela manhã no diretório de Pinheiros. Em tese o colégio eleitoral tucano na capital é formado por 27 mil nomes, mas ninguém sabe ao certo quantos estão aptos a votar, já que o cadastro da sigla está desatualizado.

Nas prévias de 2012,  o hoje senador José Serra venceu as prévias do PSDB ao receber 52,1% dos votos; seus concorrentes, o secretário estadual de Energia, José Aníbal, e o deputado federal Ricardo Tripoli, receberam, respectivamente, 31,2% e 16,7%. Ao todo, 6.229 militantes do partido votaram, sendo que Serra recebeu 3.176 votos, seguido de Aníbal (1.902) e Tripoli (1.018).

O presidente nacional da sigla, o senador Aécio Neves (MG), classificou o atual momento de disputa da Prefeitura de São Paulo de "verdadeiro combate". "O partido sairá ainda mais forte desse processo, pronto para o verdadeiro combate. Aquele pelo resgate da maior cidade brasileira. Por isso, conclamo todos os filiados a irem às urnas."

Notícias relacionadas

    Encontrou algum erro? Entre em contato

    Tendências:

    O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.