Alckmin: 'Chegou o tempo da honestidade e do trabalho'

O PTB retomou na manhã de hoje, em São Paulo, a convenção nacional do partido, na qual ratificou o apoio à candidatura de José Serra (PSDB) à Presidência da República. O candidato tucano ao governo de São Paulo, Geraldo Alckmin, presente na convenção do PTB, fez elogios a Serra. "Chegou o tempo da competência, da honestidade e do trabalho", afirmou Alckmin, que já foi governador de São Paulo.

FAUSTO MACEDO, Agência Estado

19 de junho de 2010 | 11h51

Segundo o presidente nacional do PTB, Roberto Jefferson, o partido tem a intenção de indicar o vice na chapa de Serra ao Palácio do Planalto em troca do apoio. O nome favorito do PTB para a posição é o do tesoureiro nacional da legenda, Benito Gama (BA). Embora tenha deixado claro o desejo, Jefferson afirmou que não se oporia caso o PSDB confirme um nome do DEM para o cargo de vice. A definição do companheiro de chapa de Serra deve sair somente após a convenção nacional do DEM.

Jefferson rompeu com o governo Lula após ter denunciado o chamado esquema do mensalão. O ex-deputado, que teve o mandato cassado em 2005, é um dos réus no processo sobre o mensalão que tramita no Supremo Tribunal Federal. A presença de Serra é esperada na convenção de hoje do PTB.

Havia uma divisão no PTB em relação ao apoio à candidatura de José Serra. Capitaneada pelo líder da legenda na Câmara, deputado Jovair Arantes (GO), uma ala petebista defendia o apoio à candidata do PT à Presidência, Dilma Rousseff. Ontem, Arantes foi ao início da convenção do partido e afirmou que retirou a proposta, aceitando o apoio a Serra.

Tudo o que sabemos sobre:
eleição 2010PTBSerraAlckmin

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.