Alckmin aprova participação de Serra em debate

O candidato a governador do Estado de São Paulo, Geraldo Alckmin (PSDB), comemorou no início desta tarde em São Carlos (SP), o desempenho do presidenciável José Serra (PSDB) no debate realizado na noite de ontem pela TV Bandeirantes. No encontro, o tucano enfrentou quatro adversários - Dilma Roussef (PT), Marina Silva (PV) e Plínio de Arruda Sampaio (PSOL).

MARCO ROGÉRIO DUARTE, Agência Estado

06 de agosto de 2010 | 17h37

"O debate de ontem foi muito bom. O Serra se saiu muito bem. Ele pôde expor seus planos e seu programa. Ele mostrou o seu preparo. Foi muito positivo", ressaltou. Ao mesmo tempo, Alckmin fez questão de confirmar que participará de todos os debates para os quais for convidado. "Nós iremos a todos os debates, como em todas as eleições". Segundo ele, o primeiro lugar nas pesquisas não "pode tirar a humildade". "Estamos trabalhando com humildade. Não existe eleição ganha. Eleição é trabalho e temos feito uma campanha com respeito a todos", comentou ele.

Alckmin chegou a São Carlos às 11h4, com 1h40 de atraso, e acompanhado dos candidatos ao Senado, Aloísio Nunes Ferreira (PSDB) e Orestes Quércia (PMDB). Ele visitou as obras do Poupatempo, na Vila Prado, e depois seguiu em carreata com correligionários e apoiadores até o centro da cidade. Segundo ele, o Poupatempo deverá ficar pronto até o final do ano e atenderá a população a partir do início 2011.

O candidato tucano visitou a praça dos camelôs, local onde se concentram os comerciantes informais da cidade. Em seguida, sempre seguido por um batalhão de repórteres, fotógrafos e cinegrafistas, seguiu para o mercado municipal, onde tirou fotos com curiosos e simpatizantes, abraçou pessoas e pegou criancinhas no colo.

O candidato não quis criar polêmicas com o prefeito de São Carlos, Oswaldo Barba (PT), que tem criticado o governo estadual pela ausência de uma unidade do AME (Ambulatório Médico de Especialidades) no município. O Palácio dos Bandeirantes alega que o município não cede a área necessária para a construção do prédio. "Queremos melhorar o atendimento de saúde em toda a região. Temos 31 AMEs em todo o Estado. Não quero criar polêmicas com o prefeito local, mas posso assegurar que São Carlos terá uma unidade do AME."

Após a maratona de corpo-a-corpo, Alckmin fez uma pausa. Juntamente com correligionários, parou numa pastelaria dentro do próprio mercado, onde tomou um café e saboreou um pastel. Depois disso, inaugurou o comitê do deputado federal e candidato à reeleição Lobbe Neto (PSDB). Depois disso, decolou para Birigui por volta das 14h30.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.