Alckmin afirma que Serra deve sair candidato em 2014

O governador de São Paulo, Geraldo Alckmin (PSDB), confirmou na noite desta quinta-feira (23) que o ex-governador de São Paulo José Serra (PSDB) deve sair candidato a algum cargo político nas eleições de 2014.

GUILHERME WALTENBERG, Agência Estado

23 de maio de 2013 | 23h37

"Acho que é natural que ele seja candidato, que ele participe do processo eleitoral", disse Alckmin sem, no entanto, dizer a que cargo Serra poderia se candidatar. "Ao que ele vai ser candidato, acho que é o momento que vai dizer e sua disposição também".

Indagado se o seu correligionário poderia pleitear a candidatura ao Palácio do Planalto pela terceira vez, Alckmin desconversou. "Isso é uma decisão coletiva (do partido). Tudo isso é para o ano que vem", afirmou.

Alckmin confirmou também a mudança no seu secretariado que vai abrigar o PRB, partido do ex-deputado federal Celso Russomanno, com a nomeação de Rogério Hamamna na Secretaria de Desenvolvimento Social. De acordo com o governador, trata-se de um "remanejamento" do seu secretariado que ainda não terminou. "Estamos fazendo, e ainda não está fechado, um remanejamento dentro do governo", disse Alckmin.

O atual secretario, Rodrigo Garcia (DEM), deve assumir alguma pasta relacionada a assistência social, disse o governador. "O Rodrigo Garcia, que fez um belíssimo trabalho, deve ir para outra área do governo, e é provável sim que ele assuma uma Secretaria da área social", afirmou.

Aumento na passagem

O governador afirmou que o governo do Estado irá continuar subsidiando a ampliação das operações dos trens e metrôs, mesmo com o aumento na passagem para R$ 3,20. "A passagem de trem e metrô, ela cobre a manutenção, a operação. O orçamento paulista cobre a gratuidade dos idosos, desempregados, todos os descontos, e o investimento é do governo", disse.

Tudo o que sabemos sobre:
AlckminSerrasucessão

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.