Albuquerque: 'praga' da oposição contra Dilma 'não cola'

O vice-líder do governo na Câmara, deputado Beto Albuquerque (PSB-RS), defendeu hoje a ministra-chefe da Casa Civil, Dilma Rousseff, acusada pela ex-diretora da Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) Denise Abreu de interferir diretamente no processo de venda da VarigLog para evitar resistências no governo. Albuquerque disse que as acusações contra a ministra são falsas e que não a abalam por causa de sua "respeitabilidade e história". Na avaliação do deputado, a "praga" que a oposição estaria fazendo contra Dilma, "não cola"."Praga mal feita não cola. Quem quer amaldiçoar pode esquecer, porque não gruda. A ministra é muito forte. E não tem como desabonar uma história como a dela. Na verdade o que eles (oposição) estão fazendo é enchendo a bola dela, dizendo essas besteiras", declarou Albuquerque, ao chegar ao Palácio do Planalto para a cerimônia de assinatura de contratos de serviço para obras do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC) em 11 Estados e no Distrito Federal.Para o deputado, a ministra sairá fortalecida desse episódio. Ele disse que não sabe qual foi a estratégia do PT em colocar Dilma como uma das estrelas no programa eleitoral, ontem, e nem se teria algum significado para a sucessão presidencial. Ressaltou, no entanto, que a ministra é a mais importante do governo e que, se figurou como estrela, "é mais do que o razoável".

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.