Ala oposicionista do PMDB continua, diz Requião

O senador Roberto Requião (PMDB-PR) disse que a desistência do governador Itamar Franco (PMDB-MG) da disputa da presidência nacional do partido, na convenção de setembro, atrapalhou a organização da campanha dos peemedebistas que querem passar a fazer oposição ao governo federal. Segundo Requião, o comando da campanha dos oposicionistas à Presidência Nacional do Partido era todo de Minas, e agora será necessária uma reorganização urgente.Requião disse ainda que a ala ou o grupo oposicionista do PMDB pretende montar uma nova chapa e escolher um novo nome para disputar a presidência nacional do PMDB com o deputado Michel Temer (SP). Temer é um dos nomes apontados como candidato de consenso do partido.O senador disse que um dos possíveis nomes para disputar a presidência nacional do partido como representante da oposiçãio ao governo federal, com a desistência do governador Itamar Franco (MG), é Paes de Andrade (CE). "Ele nunca hesitou, nunca vacilou ao contrário dos adesistas que lambem a rapadura até sangrar a língua", afirmou Requião. Ele criticou a decisão do governador mineiro. "Itamar não consultou ninguém antes de desistir. Ele tinha condições de ganhar. Está é muito mal assessorado", afirmou Requião. O senador paranaense disse ainda que "não dá para compor com nomes como Geddel Vieira Lima e Jader Barbalho", referindo-se ao deputado baiano e ao senador e presidente licenciado do Senado, ambos peemedebistas. Sobre possível ingresso de Itamar Franco no PDT, conforme especulam os jornais de hoje, Requião foi direto: "De Itamar eu acredito tudo".Requião está participando de ato em homenagem ao governador Itamar Franco na Assembléia Legislativa Paulista, organizada pelo ex-governador Orestes Quércia. Cerca de 400 militantes do PMDB, a maioria vereadores, estão presentes ao evento, no auditório Franco Montoro. O ato de apoio a Itamar foi organizado antes da desistência do governador mineiro à presidência do partido.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.