Air France pede a pilotos mais atenção com segurança--jornal

Administradores da Air France enviaram uma carta aos pilotos da empresa aérea pedindo uma observância maior dos procedimentos de segurança, depois de um acidente fatal em junho, divulgou o jornal La Tribune.

REUTERS

23 Outubro 2009 | 18h11

O jornal disse que a administração da Air France estava respondendo à pressão de sindicatos de pilotos para reformar regras de segurança depois da queda do voo AF447, que seguia do Rio de Janeiro para Paris em junho, e que matou 228 pessoas.

O jornal disse que o chefe de operações aéreas da empresa, Pierre-Marie Gautron, e o chefe de segurança, Etienne Lichtenberger, escreveram para todos os pilotos da companhia, chamando atenção para incidentes recentes que aconteceram porque alguns pilotos não respeitaram procedimentos de voo.

Os exemplos dados incluíam um avião que levantou voo apesar do alarme que soou durante a decolagem, e reabastecimento incorreto, disse o La Tribune.

"A aplicação simples de procedimentos teriam significado que esses eventos poderiam ter sido evitados. Não precisamos modificar os procedimentos ou criar novos", disseram na carta citada no La Tribune.

(Reportagem de Helen Massy-Beresford e Cyril Altmeyer)

Mais conteúdo sobre:
AVIAOAIRFRANCESEGURANCA*

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.