Ainda internado, Alencar recebe ligação de Mantega e Amorim

Apesar de boletim médico ter indicado melhora no quadro do vice, ainda não há previsão de alta

AMANDA VALERI E FAUSTO MACEDO, Agencia Estado

18 Janeiro 2008 | 20h32

O vice-presidente da República, José Alencar, continua sem previsão de alta do Hospital Sírio-Libanês, em São Paulo, onde foi internado para tratamento das alterações hematológicas em função da quimioterapia. Conforme boletim médico divulgado nesta sexta-feira, 18,  apesar disso, o vice-presidente apresentou melhora no seu estado de saúde.Pela manhã, Alencar recebeu um telefonema do ministro das Relações Institucionais Celso Amorim. À tarde, os ministros da Fazenda, Guido Mantega, e do Desenvolvimento Social e Combate à Fome, Patrus Ananias, também conversaram com o paciente. Logo após o almoço, o vice-presidente recebeu ligações do senador Mão Santa (PMDB) e do governador da Paraíba, Cássio Cunho Lima (PSDB).

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.