Ainda é cedo para saber quem tem mais chances, diz Temer

No lançamento oficial de sua candidatura à Prefeitura de São Paulo, o presidente nacional do PMDB, deputado Michel Temer, disse que ainda é cedo para avaliar quem são os candidatos mais fortes e com mais chances de vencer as eleições. "Eu estou só começando e ainda vou crescer muito", disse, referindo-se ao fato de seu nome sequer ter aparecido nas intenções de voto na pesquisa Ibope, divulgada hoje (domingo) pelo jornal Diário de São Paulo. O levantamento Ibope aponta empate técnico entre José Serra (PSDB), com 22% dos eleitores, e Marta Suplicy (PT), com 21%, nos dois primeiros lugares da intenção de voto na cidade. A atual prefeita aparece com vantagem de três pontos percentuais sobre Paulo Maluf (PP), terceiro colocado. Logo em seguida aparecem Luiza Erundina (10%), Paulo Pereira da Silva, o Paulinho(4%) e Francisco Rossi (4%). A pesquisa ouviu 1.204 eleitores com 16 anos ou mais, entre os dias 15 e 17 de junho. Na opinião do deputado, é pouco provável que o candidato Paulo Maluf continue a campanha até o final, por conta das acusações de desvio de verba pública das quais tem sido alvo.Temer negou que o principal objetivo de sua candidatura seja o de enfraquecer as chances de reeleição da prefeita Marta Suplicy. "Eu não sei quem vai para o segundo turno comigo", afirmou. Para ele, o governo federal deve se manter distante das eleições municipais. "É um absurdo tentar federalizar a campanha, já que não é uma eleição para presidente da República nem para governador", disse.Temer também se esquivou de responder se sua candidatura visa pressionar o governo federal a fazer melhorar as negociações com o partido. "Me pergunte isso daqui a três meses, quando eu estiver ganhando (nas intenções de voto)", disse, durante convenção no Ginásio do Ibirapuera, em São Paulo. A candidatura de seu vice à Prefeitura deverá ser anunciada até o dia 30.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.