Agripino Maia quer convocar Meirelles para depor no Senado

O líder do PFL no Senado, José Agripino Maia (RN) disse hoje que vai propor a convocação do presidente do Banco Central, Henrique Meirelles, para depor nas comissões de Assuntos Econômicos e de Fiscalização e Controle, caso Meirelles não marque esta semana a data de sua ida ao Congresso. Agora, com status de ministro, Meirelles pode ser convocado para depor. Antes da edição da medida provisória do governo, dando a Meirelles o status de ministro, o presidente do BC podia apenas ser convidado a comparecer ao Congresso. "O que moveu o governo para fazer essa MP foi tentar blindar o presidente do Banco Central das denúncias que podem acabar dando origem à abertura de processo", disse Agripino. Ele reiterou ainda que o PFL vai entrar com uma ação direta de inconstitucionalidade no Supremo Tribunal Federal, contra a medida provisória. Leia mais Governo quis esconder Meirelles, diz Jutahy Aleluia vai ao STF contra MP de Meirelles Sarney elogia MP de Meirelles Bornhausen critica MP que dá status de ministro a Meirelles Presidente do Banco Central ganha status de ministro

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.