Agripino: DEM fará obstrução em protesto contra Renan

O líder do DEM no Senado, José Agripino Maia (RN), disse que seu partido continuará realizando obstrução na Casa por não concordar em ter as sessões presididas pelo senador Renan Calheiros (PMDB-AL). Ele evitou tratar diretamente sobre a proposta que prorroga a cobrança da Contribuição Provisória sobre Movimentação Financeira (CPMF), crucial para o governo. "O governo não acolheu ele (Renan)? Arque com as conseqüências", afirmou.Agripino disse que há o incômodo dos senadores que ficaram contra Renan e que a forma de transmitir esse sentimento à opinião pública e à sociedade é obstruindo as votações. O líder do DEM avaliou que, com o resultado de 35 votos contra Renan e seis abstenções, o senador "perdeu a condição moral de presidir o Senado".

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.