Agricultores ocupam agência do Banco do Brasil no Paraná

Aproximadamente 50 representantes de famílias acampadas à beira de uma estrada em Icaraíma, a 680 quilômetros deCuritiba, no noroeste do Paraná, ocuparam hoje o saguão e a frente da agência do Banco do Brasil na cidade, impedindo a abertura do banco durante todo o dia. Ligados à Federação dos Trabalhadores Rurais do Paraná (Fetaep) e não a movimentos dossem-terra, eles pedem que o Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (Incra) arrume terra para serem assentados.De acordo com o diretor de Política Agrícola da Fetaep, Márcio Plesk, as famílias estão há quatro anos aguardando terra. "OIncra não dá atenção ao local", reclamou. O superintendente regional do instituto, Celso Lisboa de Lacerda, disse que a fazendaque eles pleiteiam foi considerada produtiva em avaliação realizada pelos técnicos. Além disso, o proprietário estaria disposto avendê-la, mas não para o Incra, o que agrava a situação. Como todos os servidores do Incra estão participando de encontro emCuritiba, somente na quarta ou quinta-feira um técnico deverá ir a Icaraíma para conversar com os agricultores.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.