AGENDA POLÍTICA-Lula chama reunião ministerial e debate economia

Na próxima quinta-feira, o presidenteLuiz Inácio Lula da Silva reúne a equipe ministerial paratratar, principalmente, da turbulência do mercado financeiro. No segundo encontro do atual mandato, o ministro GuidoMantega (Fazenda) fará uma explanação sobre a situação daeconomia brasileira, destacando a sua solidez frente à crisenos mercados, de acordo com uma fonte do Planalto. A reuniãoanterior de todo o ministério ocorreu em 2 de abril. Também na semana que vem o PT realiza o 3o CongressoNacional do partido, instância com poderes para alterar seuestatuto e programa. Em meio ao julgamento do mensalão, um dostemas ainda sem consenso trata da criação de mecanismos decombate a desvios éticos. O PT deve debater também a antecipação das eleiçõesinternas para a direção partidária, além de temas políticoscomo a definição de uma candidatura própria para a Presidênciaem 2010. Veja a seguir os principais fatos da semana. SEGUNDA -- Desfecho do julgamento do mensalão no Supremo TribunalFederal. TERÇA-FEIRA -- A comissão especial da Câmara sobre a CPMF define asautoridades que serão ouvidas sobre a emenda que prevê aprorrogação da contribuição. -- Nelson Jobim, ministro da Defesa, deve depor na CPI daCrise Aérea da Câmara dos Deputados, após adiamentos. QUARTA-FEIRA -- A CPI da Crise Aérea do Senado ouve o depoimento docoronel Jorge Luiz Brito Velozo, diretor da Agência Nacional deAviação Civil (Anac). QUINTA-FEIRA -- Segunda reunião ministerial do atual mandato de Lulatratará da turbulência no mercado financeiro. -- Os relatores apresentam seus pareceres no Conselho deÉtica sobre a suposta quebra de decoro pelo presidente doSenado, Renan Calheiros (PMDB-AL). Neste caso, ele é acusado deter despesas pagas por um lobista. O presidente do conselho,Leomar Quintanilha (PMDB-TO), vai submeter aos demais membros adefinição sobre o caráter da reunião, se aberta ou fechada. Sehouver pedido de vista, a votação ficará para a outra semana. SEXTA-FEIRA -- O PT realiza congresso nacional, o terceiro em 27 anosdo partido, com provável presença do presidente Luiz InácioLula da Silva e ministros. Será no Centro de ExposiçõesImigrantes, em São Paulo, até domingo, 2 de setembro.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.