AGENDA POLÍTICA-Congresso vota LDO e Lula viaja à Colômbia

Na última semana antes do recesso, oCongresso vota a Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) naterça-feira. Sem a aprovação do projeto, os parlamentares sãoimpedidos de gozar as férias, que começam em 19 de julho e vãoaté dia 31. Programada para a semana passada, a apreciação da LDO foiadiada por reivindicação de um crédito extraordinário pelabancada do Rio de Janeiro, para uso em campanha pelasOlimpíadas de 2016, e por pressão do DEM pela retirada dosinvestimentos de estatais da regra do duodécimo. O mecanismo éautorizado para os gastos do Executivo. Líderes do governo acenaram com acordos para esses pedidosque deverão ser fechados, permitindo a votação. A LDO traz asorientações para a confecção do Orçamento do ano que vem. O presidente Luiz Inácio Lula da Silva, recém-chegado daÁsia, viaja para Bolívia e Colômbia, onde terá encontros com ospresidentes Evo Morales e Álvaro Uribe. O Congresso deve permanecer afastado de um dos principaistemas da semana passada, a dupla prisão do banqueiro DanielDantas, do banco Opportunity. Na operação Satiagraha da PolíciaFederal foram cumpridos 17 de 24 mandados de prisão, em umaoperação de forte abrangência. Discursos e declarações tiveram pouco impacto, sendo que olíder do governo na Câmara, Henrique Fontana (PT-RS), chegou apedir mudanças legais na concessão do habeas corpus, depois dadecisão do presidente do Supremo Tribunal Federal, GilmarMendes, mandando soltar Dantas por duas vezes. A seguir os principais eventos da semana. SEGUNDA-FEIRA -- O presidente Luiz Inácio Lula da Silva tem reunião decoordenação às 15h30 com ministros onde deve definirparticipação da equipe na campanha eleitoral deste ano. -- O Congresso Nacional sedia, entre segunda equarta-feira, reunião do Conselho Diretor do ParlamentoAmazônico (Parlamaz), que reúne deputados e senadores dospaíses da região. TERÇA-FEIRA -- Sessão do Congresso deve votar a Lei de DiretrizesOrçamentárias às 19h. -- O presidente do Banco Central, Henrique Meirelles, vai àComissão de Assuntos Econômicos do Senado para audiênciapública, às 10h, em um cenário de alta da inflação e aperto dojuro. QUARTA-FEIRA -- No Palácio do Planalto, o presidente Lula sanciona leique define o piso nacional para professores do ensino básico darede pública. O valor aprovado pelo Congresso é de 950 reais eserá implantado no país até 2010. SEXTA-FEIRA -- O presidente Lula vai à Bolívia, onde encontra opresidente Evo Morales e deve assinar acordo para a construçãode estradas. SÁBADO, 19, e DOMINGO, 20 -- O presidente Lula encontra Álvaro Uribe, presidente daColômbia, em Bogotá no sábado, e no domingo na cidade Letícia,na fronteira dos dois países. Será o primeiro encontro dos doisdepois do resgate da ex-candidata a presidente IngridBetencourt, sequestrada por seis anos pelas Forças ArmadasRevolucionárias da Colômbia (Farc). (Reportagem de Carmen Munari)

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.